Star Wars: livros de "A Ascensão Skywalker" revelam como Palpatine retornou e construiu sua frota de Star Destroyers


Uma das maiores dúvidas dos fãs é como o Imperador Palpatine (Ian McDiarmid) conseguiu retornar à vida em "Star Wars: A Ascensão Skywalker".

De acordo com o Digital Spy, a autora Rae Carson revela no livro do Episódio IX que o cadáver do Lorde Sith foi encontrado por membros de uma seita de adoradores do Lado Sombrio, conhecidos como Sith Eternos, após os eventos de "O Retorno de Jedi" (1983).



Depois de levarem o Imperador para o templo de Exegol, os adoradores foram capazes de revivê-lo usando tecnologia, clonagem e ocultismo. Além disso, a passagem traz referências às técnicas de imortalidade estudadas por Darth Plagueis, o antigo mestre do Imperador, que se baseavam em clonagem e experiências sombrias.

Já o "Dicionário Visual de A Ascensão Skywalker" revela como o Palpatine conseguiu sua gigante frota de Star Destroyers. De acordo com o livro, os Sith Eternos puderam “contrabandear” engenheiros, escravos e mecânicos, usando suas conexões de membros importantes na galáxia. E construir a gigante frota no período que o Lorde Sith permaneceu escondido no planeta Exegol.


E aí, o que acharam das explicações?

» Quer receber novidades como essa e muito mais no seu e-mail? Clique aqui e assine a newsletter quinzenal do Supervault.

Daniel Rost Dreyer

Sócio fundador da Gampi. Publicitário, empresário e entusiasta de cultura geek. May the Force be with you. Always.

Um comentário:

  1. Na verdade a ideia não é nova, no antigo Universo estendido na mini série em quadrinhos O Império Do Mal, Palpatine teria feito centenas de Clones dele antes mesmo dos eventos de O Retorno de Jedi, pois já havia previsto uma possível derrota, ele usava seus clones como porta de entrada para o mundo dos vivos, ou seja, seu espírito adentava nos clones, porém os corpos clonados não resistiam tamanho poder por muito tempo e ele estava sempre mudando de corpo.

    ResponderExcluir