Talvez você nunca tivesse ouvido falar em Star Wars se não fosse por Marcia Lucas e sua equipe



Quando você pensa em Star Wars, provavelmente os nomes Richard Chew, Marcia Lucas e Paul Hirsch não pulam na sua mente. Mas foi o talento destas três figuras que salvaram o Episódio IV de um possível fracasso.

Essa história começa com um early screening de Star Wars oferecido por George Lucas para alguns futuros prestigiosos diretores de cinema, entre eles Steven Spielberg e Brian De Palma. Segundo De Palma, o filme não fazia sentido nenhum. O ritmo, o arco, era tudo ruim.

Ficou evidente para George Lucas que o filme estava sofrendo uma crise de storytelling. Mas o projeto ainda não estava perdido. E para encontrar o caminho, o jovem diretor foi buscar direcionamento com uma nova equipe de edição, formada Chew, Lucas (esposa de George na época) e Hirsch.

Foi graças ao incansável trabalho destes profissionais que Star Wars saiu da trilha da derrota, para se tornar o clássico que conhecemos hoje. Mas qual foi a contribuição deles?

De acordo com o artigo de Ben Kuchera, do site Polygon, o trio de editores reconstruíram todo primeiro ato do filme, se livrando de vários minutos que não agregavam nada ao enredo. Numa análise mais bruta, o trio - com protagonismo de Marcia Lucas - começaram do zero, mudando drasticamente o corte original do editor britânico John Jympson.



Para se ter uma ideia, há uma vasta quantidade de cenas que estavam no primeiro corte que foram esquecidas no chão da sala de edição. CLIQUE AQUI e confira o post que fizemos das cenas deletadas do primeiro longa de Star Wars.

Há uma série de diferenças notáveis entre as duas versões: Luke precisa atirar no exaustor duas vezes no original, em vez de apenas uma. Han Solo salvava o dia antes de Luke desativar o computador da X-Wing, e não o contrário. Mas talvez a grande contribuição – além dos notáveis ajustes no primeiro arco – foi criar a tensão que a base rebelde estava prestes a ser destruída pela Estrela da Morte. No roteiro original, isso não acontecia.



O canal do YouTube RocketJump tem um vídeo interessantíssimo (confira abaixo) que mostra toda a contribuição de Marcia Lucas e seu time para salvar Star Wars.


Então, da próxima vez que você gostar de um filme, tire um tempo para olhar os créditos. Talvez no meio de um daqueles nomes esteja um profissional que salvou não só um projeto, mas toda uma saga.

Daniel Rost Dreyer

Sócio fundador da Gampi. Publicitário, empresário e entusiasta de cultura geek. May the Force be with you. Always.

Nenhum comentário:

Postar um comentário