Ghost Recon Wildlands: um sério candidato da Ubisoft ao título de game do ano



A Ubisoft apresentou Ghost Recon Wildlands na E3 deste ano e divulgou que o título será lançado no primeiro semestre de 2017.

Uma mistura de The Division com GTA. É assim que a produtora Ubisoft define Ghost Recon Wildlands. Mas aí você se pergunta qual a diferença deste título para Watch Dogs ou Far Cry? São duas: uma mapa imenso e a liberdade para explora-lo de forma não linear.

Além disso, os produtores do game garantem que será possível resolver as missões de formas quase incalculáveis. Você poderá, por exemplo, enviar aliados, agir furtivamente, explodir tudo ou inúmeras outras formas de completar as missões. E essa característica to título fica bem clara no Reveal Trailer, lançado há algum tempo.


Ficou animado, não é? Bem, muita calma nessa hora. Afinal, ainda não há uma versão jogável pra a gente experimentar. Mas, pelo que foi mostrado até aqui Ghost Recon Wildlands tem todas as características de um jogo vencedor. Além de contar com um mundo aberto, inúmeros veículos e meios para completar missões, gráficos impressionantes e personagens interessantes, ainda apresenta um tema atual e fodástico: a guerra contra as drogas.



Em Ghost Recon Wildlands o jogador deve lidar com o cartel mexicano que invadiu a Bolívia e está causando problemas no cenário político e social. Cabe à unidade de Ghosts, controlada pelo usuário, desmantelar a quadrilha e seguir os rastros de seus aliados. A tarefa não é fácil, principalmente quando se trata de um game tão grande em espaço e conteúdo.

Gostou do que viu e concorda com a gente que este título tem tudo para ser o game do ano? Então prepare-se, pois Ghost Recon Wildland chega em 7 de março de 2017, para PS4, Xbox One e PC.
Share on Google Plus

Sobre Daniel Dreyer

Publicitário, blogueiro, fã de cultura geek, HQ's, filmes, séries e colecionáveis. Planejamento de contas na agência de publicidade Gampi, muito bem casado e papai babão.