Fãs restauram Star Wars (1977) em alta definição e sem as mudanças feitas por George Lucas


Não há dúvidas que George Lucas é um gênio que revolucionou o gênero ficção cientifica quando dirigiu Star Wars, em 1977. Mas para muitos fãs, a relação de admiração de Lucas foi abalada em 1997. Foi neste ano que ocorreu o lançamento da edição especial de 20 anos de Star Wars: Episódio IV - Uma Nova Esperança.

É claro que os fãs inicialmente adoraram a ideia. Mas quando a versão especial chegou as telas, os espectadores notaram alterações bem significativas nos três filmes originais. Além de mudanças bem-vindas, como mixagem de som aprimorada e pequenas melhorias nos efeitos visuais, Lucas tomou a polêmica decisão de adicionar aos filmes uma grande quantidade de CGI, incluir cenas inteiramente novas, substituir diálogos e alterar cenas originais, como Greedo atirando primeiro em Han Solo na famosa cena da cantina em Mos Eisley, por exemplo.

E ele não parou por aí: em 2004 e 2011, com o lançamento dos boxes em DVD e Blu-Ray, mais mudanças foram feitas nas versões originais. O que não agradou uma grande parcela dos fãs. Muitos deles achavam que Star Wars nunca deveria ter sido alterado, apenas remasterizado.

Sentindo essa crescente frustração, um grupo de fãs se dedicou à restauração não-oficial do longa original. Chamados de Team Negative1, a equipe comprou uma cópia original do Episódio IV em 35mm, adquirida no eBay. E posteriormente adquiriu na Espanha um novo rolo desbotado e levemente descolorido. Ambos foram usados para o projeto que visa trazer a glória e sensação original de assistir a película que deu vida ao vasto universo de Guerra nas Estrelas.

Confira alguns vídeos de antes e depois:




Curtiu? Pois saiba que foram mais de quatro anos de trabalho, entre digitalização das cópias, correção de cor e tratamento quadro a quadro. Segundo o grupo, o objetivo do projeto é preservar ao máximo a experiência de assistir ao filme em 1977.

Para entender um pouco mais do processo, o grupo separou om vídeo em time lapse que mostra o processo de limpeza dos frames:


O projeto é muito bacana, não é mesmo? Mas vale lembrar que essa versão do filme, intitulada The Silver Screen Edition, é considerada ilegal pela Lucasfilm.


Daniel Dreyer

Publicitário, blogueiro, fã de cultura geek, HQ's, filmes, séries e colecionáveis. Planejamento de contas na agência de publicidade Gampi, muito bem casado e papai babão.